Em QUEIMA DE ARQUIVO, Schwarzenegger agrada os fãs no auge da porradaria

Queima de Arquivo

eraser1QUEIMA DE ARQUIVO (Eraser). EUA, 1996, 01h55min. Direção: Charles Russell. Com Arnold Schwarzenegger, James Caan, Vanessa Williams e James Coburn.

Com status de superprodução no ano de seu lançamento (1996) e Arnold Schwarzenegger no papel central, tudo em Queima de Arquivo é grandioso. Os efeitos especiais, a violência e também as situações absurdas – todos esses elementos já característicos dos filmes de Schwazza estão aqui presentes. Ou seja, o público fiel do astro vai sair plenamente satisfeito da sala de cinema.

O título original ”Eraser” se refere aos agentes do FBI que são especialistas em apagar – “passar uma borracha” – na vida passada de pessoas que servem de testemunhas para o governo em casos envolvendo criminosos. Isso faz com que essas pessoas passem a ser “protegidas” por agentes do Estado. Sendo assim, cada agente tem um grupo de testemunhas sobre o qual é responsável, literalmente, por suas vidas.

Queima de Arquivo

Filme irregular se sustenta no carisma do astro

O diretor é Charles Russell, o mesmo de O Máskara e O Escorpião Rei. Schwazza interpreta John Kruger, um agente do Programa Federal de proteção a Testemunhas dos EUA. Sua NOVA missão é proteger Lee Cullen (a cantora Vanessa Williams), secretária executiva de uma empresa multinacional fabricante de armas. Ela fica na mira de contrabandistas de armas, pois consegue reunir provas de que a empresa em que trabalha está planejando vender armamentos supersecretos para outros países. A atriz (que também é cantora) ficou famosa antes do filme por ter perdido o título de Miss América por ter posado nua para uma revista masculina).

Cheio de reviravoltas e contando ainda com a presença marcante de James Caan (o Sony de O Poderoso Chefão), Queima de Arquivo tem uma primeira metade eletrizante e uma segunda metade um tanto quanto arrastada. Do meio para a frente, o filme se sustenta apenas no carisma de seu astro principal e numa sucessão de explosões mirabolantes e demonstrações de poderio bélico. Como exemplo temos a cena do tiroteio no depósito de armas no final do filme, que fica devendo bastante em termos de ação. No entanto, o resultado geral é bom e faz desse filme uma das últimas boas produções feitas pelo grandalhão austríaco Arnold Schwarzenegger.

 

Veja abaixo o trailer original de QUEIMA DE ARQUIVO, com legendas em português:

Queima de Arquivo (Eraser 1996) - Trailer Legendado

 

Seja o primeiro a comentar

Deixe seu comentário