Sucesso editorial O CAÇADOR DE PIPAS chega aos cinemas nesse fim-de-semana

O Caçador de Pipas

O Caçador de Pipas DVDBaseado no best-seller de mesmo nome do escritor afegão Khaled Hosseini, era questão de tempo para que O Caçador de Pipas fosse adaptado para os cinemas. O filme tenta manter os ingredientes que agradaram a milhões de leitores em todo o mundo. Dentre eles se destacam o exotismo do Afeganistão, a luta contra a adversidade e a culpa e também a redenção. Porém, tudo é feito de maneira fugaz e com um olhar excessivamente “ocidental”.

A produção é dirigida por Marc Forster (“A Última Ceia”, “Em Busca da Terra do Nunca”) a partir de um roteiro adaptado por David Benioff (“Tróia”). A mensagem básica que o filme procura transmitir é a de que não importa o que uma pessoa tenha feito no passado, sempre há uma segunda chance. Quem, no caso, tem a possibilidade de reparar seus erros é Amir (Khalid Abdalla, do ótimo “Vôo United 93”), um afegão que fugiu do país junto com o pai no final da década de 1970. Na ocasião, seu país, o Afeganistão, havia sido invadido pela então União Soviética.

Ele se muda para os EUA e vive por lá nos últimos 20 anos sem maiores problemas. Até que um dia, um telefonema de um amigo que fugiu para o Paquistão, o faz lembrar de sua infância em Cabul. O roteiro então recorre a flashbacks para mostrar a infância de Amir ao lado de Hassan, filho do empregado da casa. Os dois são amigos, embora pertençam a grupos étnicos diferentes e assim desafiem o forte preconceito que impera na sociedade local. O nome do livro e do filme vem de um dos passatempos preferidos dos garotos – empinar pipas.

O Caçador de Pipas

Contexto político do livro não é retratado no filme

O grande trauma da infância de Amir, e que o persegue pela vida toda, foi não ter ajudado Hassan em um momento de grande dificuldade. Isso causou a separação dos amigos, que nunca mais se viram. Agora, anos depois, surge a chance de reparar o erro.

Propositalmente, ao que parece, o roteiro do filme não trata de ideologias políticas. Ou seja, as informações que o livro traz sobre a cultura e a política afegã praticamente não existem aqui. Todo o tempo a estória se sustenta nos ombros frágeis de duas crianças,  interpretadas por atores que não são profissionais. Isso só não compromete totalmente o resultado final porque a ótima e impactante trilha musical do espanhol Alberto Iglesias (“O Jardineiro Fiel”) nos comove e impressiona bastante.


O CAÇADOR DE PIPAS – TRAILER ORIGINAL (sem legendas)

O Caçador de Pipas (2007) - Trailer HD

Seja o primeiro a comentar

Deixe seu comentário