MISSÃO: IMPOSSÍVEL – Começo da franquia tem ação de tirar o fôlego do começo ao fim

Missão: Impossível

MISSÃO: IMPOSSÍVEL (Mission: Impossible). Ação, EUA, 1996. Direção de Brian De Palma. Com Tom Cruise, John Voight, Jean Reno, Emilio Estevez, Vanessa Redgrave, Kristin Scott Thomas e Ving Rhames. Duração 01h10min.)

Em 1996, Tom Cruise já era um ator muito bem-sucedido. Disposto a ter mais independência em seus trabalhos, resolveu criar sua própria produtora, a Cruise/Wagner Productions. E ele não foi nada modesto na escolha de seu primeiro projeto de produção, buscando oferecer alta qualidade de entretenimento logo de início. Cruise escalou o brilhante diretor Brian De Palma para comandar a versão para o cinema da homônima e cultuada série de TV dos anos 1960/70 nos EUA. Contratou também um elenco estelar, e como resultado temos um dos melhores filmes de espionagem de todos os tempos, mesclando ação e suspense numa combinação perfeita.

Roteiro engenhoso dá ritmo ágil e empolgante ao filme

Antes de mais nada, Missão: Impossível tem um excelente roteiro, e não bastasse isso, tem cenas de ação de tirar o fôlego. Uma combinação que é cada vez mais rara hoje em dia. A estória é cheia de reviravoltas, e talvez seja aconselhável assistir o filme duas vezes para entendê-lo direito. Não que seja um roteiro confuso, é bastante engendrado mesmo, o que é muito coerente com o propósito do filme: afinal, numa trama de espionagem, nada pode ser muito evidente.

MissionImpossible1996

A sinopse do filme nos leva a uma equipe internacional de espionagem (comandada pelo ótimo Jon Voight), que é vitima de uma armadilha durante uma missão em Praga, na República Tcheca. O agente Ethan Hunt (Tom Cruise), um dos sobreviventes do grupo, é acusado de traidor por sua organização e precisa então provar sua inocência.

Também estão no elenco nomes de peso como Jean Reno (O Profissional), Ving Rhames (Con-Air), Kristin-Scott Thomas (Lua de Fel) e Vanessa Redgrave (Sonho Proibido). O filme tem pelo menos duas sequências antológicas: a cena na sala do computador da CIA (antológica, no meu modo de ver) e a cena do trem expresso no túnel (quando toca a música-tema é de arrepiar). Inegavelmente, um dos dez maiores filmes de ação de todos os tempos.

Nota CINEMAIMERI – 9.0 – *****


 

Ouça a clássica música-tema de Missão: Impossível, composta pelo argentino Lalo Schifrin:

 

Veja abaixo o trailer original do filme (em inglês – sem legendas)

Mission: Impossible - Trailer

Seja o primeiro a comentar

Deixe seu comentário