Lotus Esprit “submarino” de 007 – O Espião que me amava é leiloado em Londres

Lotus Esprit
Lotus Esprit
Roger Moore e Barbara Bach com o Lotus Esprit 1976 utilizado em “007 – O Espião que me amava”

O Lotus Esprit branco que o agente secreto britânico James Bond dirigiu no filme 007 – O Espião que me Amava (1977) foi leiloado na casa de leilões londrina Bonhams. O modelo, produzido no ano de 1976, foi adquirido por um colecionador norte-americano que participou do evento por telefone. O valor da venda? Quase 112 mil libras (o equivalente a R$ 400 mil). O comprador anônimo disse ser fã tanto do carro quanto da franquia 007.

O Esprit foi dirigido pelo ator britânico Roger Moore no filme que protagonizou com a americana Barbara Bach. O carro, um modelo coupé fabricado pela Lotus britânica, começou a ser produzido justamente em 1976 e permaneceu em linha até o ano de 2004. Na época, tinha motor de 4 cilindros e câmbio manual de 5 marchas. Ia de 0 a 100 km/h em 6,8 segundos e podia atingir a velocidade máxima de 221 km/h.

No filme, o Lotus Esprit pilotado por Bond tinha a capacidade de se transformar em submarino, lançar projéteis e bombas e despistar inimigos com tinta negra sob a água. Alguns anos mais tarde, Roger Moore voltaria a pilotar outro modelo da Lotus, o Turbo Esprit – desta vez na cor vermelha – durante o filme “007 Somente para seus Olhos”, em 1981.

Lotus Esprit


 

Assista uma cena do filme “007 – O Espião que me amava” (sem legendas) em que James Bond (Roger Moore) pilota o Lotus Esprit durante uma fuga que, literalmente, termina debaixo d’água:

The Spy Who Loved Me Movie CLIP - Can You Swim? (1977) HD

 

Seja o primeiro a comentar

Deixe seu comentário