DreamWorks tenta sair do buraco com o “fofinho” e inofensivo “Cada um na sua casa”

home_poster_BRACADA UM NA SUA CASA
(Home)

Direção de Tim Johnson

EUA, Animação, 2015, 01h34. Classificação: Livre.

Nesta nova animação do cambaleante estúdio DreamWorks, somos apresentados aos Boovs, uma raça alienígena que invade a Terra para se esconder de seus maiores inimigos extraterrestres – os Gorgs. Os Boovs adaptam-se muito bem ao nosso planeta e são extremamente obedientes a seus líderes – exceto pelo simpático e desajeitado Oh, que gosta de fazer as coisas sempre do seu jeito e vive se metendo em confusões por causa disso. Por essas características, Oh é discriminado pelos outros Boovs, até que encontra uma jovem garota humana chamada Tip, que escapa dos ETs escondendo-se em casa. A dupla então se junta e começa a construir uma estranha parceria de amizade, onde Tip quer apenas reencontrar sua mãe, enquanto Oh quer fugir antes que seja capturado, após colocar em risco toda a missão de seu povo na Terra.

Apesar da “fofura” dos pequeninos e até estilosos Boovs, infelizmente o roteiro, adaptado do livro The True Meaning of Smeakday, de Adam Rex, não consegue fugir dos clichês relacionados às situações engraçadas típicas de alienígenas que aqui chegam e não sabem como as coisas funcionam – os próprios clipes de divulgação do filme ressaltam isso. Hoje em dia o mercado cinematográfico de animações está extremamente concorrido, pedindo produções ágeis, criativas e que agradem pessoas de todas as idades. E o grande problema desse “Cada um na sua casa” é que, além de ser um filme extremamente focado nas crianças pequenas – em detrimento a adolescentes e adultos – mesmo os pimpolhos sorriem apenas algumas poucas vezes, sem nunca se empolgar com os personagens ou as situações apresentadas pela estória – a verdade é que a amizade entre Oh e Tip nunca deslancha prá valer.

home_2015movie_2

Todos sabem que a Dreamworks não anda lá muito bem das pernas, e até ameaçou fechar recentemente. Mesmo assim, o estúdio não hesitou em torrar 135 milhões de dólares para produzir e distribuir essa sua mais nova animação, numa aposta para lá de ousada, visto que o filme claramente é indicado para crianças menores – além disso, a heroína é negra (dublada originalmente pela cantora Rihanna). Pelo menos por enquanto, o filme já se pagou, tendo arrecadado perto de 200 milhões de dólares em pouco mais de dez dias de exibição nos cinemas, o que sem dúvida já é um resultado muito bom – e tem potencial para arrecadar ainda mais. No fim das contas, e em meio a fugas, perseguições e trapalhadas banais e repetidas de outras produções, o filme agrada, mas é tão inofensivo quanto a própria invasão dos Boovs à Terra.

 


 

Veja abaixo o trailer dublado de “Cada um na sua casa”:

 

[youtube https://www.youtube.com/watch?v=zb-N2mdVfQ8]

 

Seja o primeiro a comentar

Deixe seu comentário