Cine Marabá reabre em São Paulo após dois anos de reformas e vira multiplex

Cine Marabá - fachada

Cine Marabá - interiorUm dos mais tradicionais cinemas do século passado acaba de ser reaberto na capital paulista. A distribuidora Playarte, nova dona do Cine Marabá, investiu cerca de R$ 8 milhões no restauro e reforma do local. Inaugurado em 1945, o cinema foi tombado pelo patrimônio histórico municipal em 1992 e estava fechado desde agosto de 2007. A reinauguração é neste final de semana.

Os arquitetos Ruy Ohtake e Samuel Kruchin assinam o projeto da restauração, que inclui itens como o grande salão de entrada, a fachada em estilo eclético, os lustres, as portas em couro e a sala principal de exibição. Essa sala, que antes tinha mais de 1.600 lugares, agora deu lugar a 5 novas salas – a maior, com um aspecto de anfiteatro, com inclinação bem grande, conta com 430 assentos. As demais salas possuem capacidade entre 122 e 176 espectadores.

Cine Marabá

Com a reinauguração do Cine Marabá, a Playarte quer atrair o público circulante do centro de São Paulo, que trabalha ou estuda na região. Os ingressos vão custar de R$ 10 (quartas-feiras) a R$ 16 (em sessões 3D na sala principal). Ainda não há estacionamento disponível, somente os particulares nas cercanias. Uma boa opção é a estação República do metrô, que fica a menos de 300 metros do local. Porém, a Playarte pediu à prefeitura a instalação de um recuo na calçada e deve oferecer em breve o serviço de valet.

O Multiplex Marabá fica na Av. Ipiranga, 757 – Centro – São Paulo (SP) – Fone (11) 5053-6996.

Clique aqui e acesse o website oficial

 

Veja abaixo video da VEJA SÃO PAULO sobre a restauração do Cine Marabá:

Cine Marabá: restauração

1 Comentário

  1. realmente o cinema é lindo, mas custou mais de 8 milhoes, custou preço de funcionários , tratados sem respeito, recebendo miséria e sendo xingados por uma tirana e seu filho corrompido por um sistema nojento e cheio de falcatruas dessa empresa .
    também com cx2 eu tbm faço um cinema desses

Deixe seu comentário