Festival de Cannes 2015 começa abraçando Hollywood e com conteúdo mais pop

Festival de Cannes 2015

Cannes_2015_logoO Festival de Cannes 2015, um dos mais tradicionais do mundo, inicia sua 68ª edição hoje (13/05) e prossegue na cidade litorânea francesa até dia 24. “Ficar de Pé“, dirigido pela francesa Emmanuelle Bercot e com Catherine Deneuve no elenco, será o filme de abertura desse ano (sem concorrer a prêmios).

A atriz francesa Catherine Deneuve
A atriz francesa Catherine Deneuve

Pela primeira vez em seus 68 anos de história, uma dupla comandará os trabalhos: os irmãos diretores e roteiristas Joel e Ethan Coen vão presidir o júri do festival desse ano. A dupla já venceu a Palma de Ouro uma vez, em 1991, por “Barton Fink – Delírios de Hollywood”. A escolha dos Coen é uma maneira de celebrar o trabalho de irmãos cineastas – o evento deste ano homenageará o aniversário de 120 anos da invenção do cinematógrafo pelos irmãos Louis e August Lumière. A  atriz Isabella Rossellini estará à frente da mostra especial Um Certo Olhar, que terá 14 filmes exibidos.

Filmes pop de Hollywood intensificam presença

Como vem sendo mais frequente nos últimos anos, o Festival de Cannes 2015 mais uma vez incorpora Hollywood nos filmes, estandes e no material promocional, trazendo por exemplo uma maquete gigante dos personagens dos Peanuts (Snoopy, Charlie Brown e Linus) na frente do Carlton Hotel, o mais badalado da cidade litorânea francesa – o filme estreia nos cinemas mundiais no final de 2015.

Cannes_peanuts
Painel dos Peanuts na frente do Carlton Hotel

A mostra de filmes não-competitiva traz uma das seleções mais voltadas ao pop da história do festival. Veja a seguir alguns destaques (todos os filmes estreiam nos cinemas até o final do ano):

  • MAD MAX 4 – ESTRADA DA FÚRIA, de George Miller, aventura apocalíptica com Tom Hardy, Charlize Theron e Nicholas Hoult e que estréia amanhã (14/05) nos cinemas brasileiros.
  • A LAGOSTA (The Lobster), ficção científica futurista dirigida pelo grego Yorgos Lanthimos, tem tudo para ser um dos filmes mais interessantes e inovadores do festival. Com Colin Farrell, Rachel Weisz e John C. Reilly no elenco, somos apresentados a um futuro no qual pessoas solteiras são transformadas em bichos, caso não encontrem um amor verdadeiro no prazo de 45 dias.
  • INVASÃO A LONDRES, sequência de “Invasão à Casa Branca”, com Gerard Butler no papel principal.
  • Duas animações: DIVERTIDA MENTE, aguardada produção da Pixar Animation Studios, e O PEQUENO PRÍNCIPE, dirigido por Mark Osborne, em nova adaptação da obra clássica de Antoine de Saint-Exupéry.
Os irmãos Joel e Ethan Coen, que presidem o festival desse ano
Os irmãos Joel e Ethan Coen, que presidem o festival

Já a competição oficial do Festival de Cannes 2015 terá 19 filmes na disputa pela Palma de Ouro – sendo que 14 deles são produções européias, e nenhuma é latino-americana. Pelo menos metade dos filmes concorrentes é dirigida por cineastas de fora dos EUA, porém que contam com estrelas americanas em seus elencos, o que reflete uma certa “migração” de alguns atores e atrizes, que não se deixam seduzir pela atual onda de filmes de super-heróis ou mais direcionados para o público juvenil, para a Europa e Ásia, provavelmente em busca de trabalhos de mais maduros e com mais alto teor de dramaticidade, sobretudo em produções do cinema independente.

Esse movimento “migratório” na indústria cinematográfica também espelha a realidade das bilheterias nos cinemas, onde o peso do mercado dos EUA atualmente responde por cerca de 40% do faturamento, número bem abaixo de uma ou duas décadas atrás.

Charlize Theron (Cannes 2015)
a atriz CHARLIZE THERON, de “Mad Max – Estrada da Fúria”

Saiba mais sobre a competição oficial

Joaquin Phoenix e Emma Stone estrelam o novo filme de Woody Allen (para variar, mais uma vez com filme no festival), “O Homem Irracional”, que será exibido em pré-estréia mundial na sexta-feira, dia 15, trazendo o amor entre um professor de filosofia e uma de suas alunas.

Sicario”, dirigido por Dennis Villeneuve, é um suspense policial com Benicio Del Toro, Josh Brolin e Emily Blunt sobre uma ação secreta da CIA no México para capturar um traficante de drogas local.

cena de "Sicario", de Dennis Villeneuve
cena de “Sicario”, de Dennis Villeneuve

Neste ano teremos dois filmes italianos na mostra principal: “Juventude“, de Paolo Sorrentino, que traz Michael Caine e Harvey Keitel nos Alpes, debatendo cinema e música clássica; e “Mia Madre“, de Nanni Moretti, que conta a estória de uma diretora que faz um filme enquanto sua mãe está internada em um hospital – John Turturro é um dos nomes do elenco.

O norueguês “Mais alto que bombas“, de Joachim Trier, traz o jovem ator americano Jesse Eisenberg como um dos protagonistas. O filme é sobre uma ex-fotógrafa de guerra (Isabelle Huppert) que guarda um segredo sobre seu passado.

Teremos esse ano mais uma versão do clássico “Macbeth”, desta vez estrelado por Michael Fassbender e Marion Cotillard, dirigido pelo australiano Justin Kurzel.

 

Brasil fica de fora pelo terceiro ano seguido

Michael Fassbender em cena do filme "Macbeth"
Michael Fassbender em cena do filme “Macbeth”

Outros astros do cinema mundial estarão presentes em diversos filmes do festival, como Vincent Cassel (“Cisne Negro“), Salma Hayek (“Frida”) e Tim Roth (“Selma”). Também marcam presença diretores consagrados, como Gus Van Sant, que já foi premiado anteriormente em Cannes por “Elefante” em 2003, e desta vez concorre com “O Mar de Árvores“, Todd Haynes (concorre com o filme “Carol“), o japonês Hirokazu Kore-eda (com “Nossa pequena irmã“, adaptação de um mangá) e o chinês Jia Zhang-ke. O primeiro filme com a jovem Natalie Portman na direção e um documentário sobre a cantora britânica Amy Winehouse, morta em 2011, também serão exibidos em mostras paralelas.

Pelo terceiro ano consecutivo, o Brasil ficou de fora do festival, tanto na mostra competitiva quanto na mostra não-oficial. O cinema nacional estará presente no evento apenas com um estande de vendas para distribuidoras internacionais, que destaca duas produções recentes: “Casa Grande”, de Fellipe Gamarano Barbosa, que foi exibido nos cinemas brasileiros na segunda quinzena de abril último, e o ainda inédito “Que Horas Ela Volta?”, de Anna Muylaert, com Regina Casé e Camila Márdila, filme premiado nos Festivais de Sundance e na Berlinale, mas que não conseguiu “vaga” em Cannes.

O portal CINEMAIMERI vai noticiar sobre os filmes mais aclamados do festival e também sobre os vencedores.

 


Veja abaixo a lista completa dos filmes que concorrem na mostra oficial do FESTIVAL DE CANNES 2015 (quando já existir título em português, este será listado):

cannes-logo-2015A Lagosta, de Yorgos Lanthimos

Carol, de Todd Haynes

Dheepan, de Jacques Audiard

Juventude, de Paolo Sorrentino

Macbeth, de Justin Kurzel

Mais Alto que Bombas, de Joachim Trier

Marguerite and Julien, de Valerie Donzelli

Meu Rei, de Maiwenn

Minha Mãe, de Nanni Moretti

Montanhas Podem Partir, de Jia Zhang-Ke

Nossa Pequena Irmã, de Hirokazu Kore-Eda

O Assassino, de Hou Hsiao Hsien

O Conto dos Contos, de Matteo Garrone

O Filho de Saul, de Laszlo Nemes

O Mar de Árvores, de Gus Van Sant

Sicario, de Denis Villeneuve

Um Homem Simples, de Stephane Brize

 

Seja o primeiro a comentar

Deixe seu comentário